Resenha e Análise – Minha Desgraça

por Jaime de Andruart Hoje farei algo diferente aqui na Avessa. Não apenas uma resenha, mas uma análise minuciosa de um poema escrito por um de meus autores favoritos, tentando ao máximo levar em consideração apenas o único material de trabalho de que o autor nos dispôs: o seu próprio texto. Com apenas três estrofes, …

Resenha – O Coração do Cão Negro

por Jaime de Andruart O Cão Negro de Clontarf. Conhecido por uma batalha. Nascido entre os gaélicos e criado pelos vikings. Um homem que vaga entre duas culturas sem pertencer a nenhuma. Nessa graphic novel da Avec Editora, com roteiro de Cesar Alcázar e ilustração de Fred Rubim, seguimos os passos de Anrath, mais conhecido …

Capa - A Hora da Estrela

Resenha – A Hora da Estrela

por Jaime de Andruart A Hora da Estrela é o último livro escrito por Clarice Lispector, em 1977. Em uma tentativa de distanciamento, a autora cria até mesmo um narrador fictício, chamado Rodrigo S. M., mas nem isso deixa passar despercebidas as marcas características de sua escrita peculiar. O livro, curtíssimo, pode ser dividido em …

Resenha – Memórias de Lord Byron

Quem ousaria queimar um livro após lê-lo? Pior: quem ousaria queimar as memórias de uma das personalidades mais proeminentes do romantismo, George Gordon Noel Byron, mais famoso pelo título de Lord Byron? Aqueles que o conheceram, claro. As memórias de Lord Byron são um documento perdido, literalmente queimado pelos seus entes próximos logo após sua …

Sin City - De Volta ao Inferno

Resenha – Sin City: De Volta ao Inferno

por Jaime de Andruart Uma história de amor. Eis o subtítulo do sétimo e último volume da série de quadrinhos Sin City(Cidade do Pecado), de Frank Miller. Originalmente lançada em nove edições, a compilação que forma o volume traz a história de Wallace, um artista e veterano da Guerra do Vietnã, que salva uma mulher …

Resenha – Morangos Mofados

Bianca Camargo de Lima O caráter colossal que as palavras escritas parecem tomar é intrigante. Contratos garantem que o que a boca proliferou seja cumprido, assim como cartas de amor expressaram o que os lábios não tiveram coragem de dizer. Entre a profundidade e a leveza, encontra-se Caio Fernando Abreu. Autor gaúcho, Caio F. foi, …

Resenha – Treze

Poucos gêneros conseguem ser tão completos quanto o horror. Nossa mente consegue processar o que for, mas quando se trata de lidar com o desconhecido, o distante, o estranho, a tendência a falharmos nesse intento é demasiado alta. Determinadas coisas simplesmente são perturbadoras. É por essa razão que sempre sentimos como se estivéssemos pisando no …